Por que fazer amigos no Brasil?

Você acabou de chegar ao Brasil e talvez esteja com a expectativa de aproveitar ao máximo o seu tempo aqui. Seja para um tempo de apenas seis meses ou um ano, seja para fazer a graduação inteira. E uma das expectativas que você pode ter é, quero fazer amigos aqui no Brasil!

As amizades no seu tempo no Brasil podem fazer toda a diferença para sua experiência aqui. É possível que conviver com brasileiros e cultivar amizades o ajude a conhecer o Brasil.  E ainda, criar vínculos que vão te ajudar a compreender melhor a cultura e deixar o seu tempo aqui mais satisfatório.

Quem são os brasileiros? Os brasileiros são muitos e muitos diferentes também.  Se você tiver oportunidade de conhecer diferentes lugares no Brasil vai perceber que um cearense é bem diferente do baiano que por sua vez se distingue muito de um paulista.  Geralmente o norte e nordeste do Brasil tem uma cultura mais coletivista, um senso de comunidade maior que vai influenciar na maneira como as pessoas se relacionam.

Já no sudeste e sul, a cultura já não é tão comunitária, existes traços de comportamentos mais reservados, o que também vai influenciar nos padrões de amizade. Mas a verdade é que você poderá conhecer pessoas muito coletivistas no sudeste e pessoas mais reservadas no nordeste. Nada é exatamente previsível.

A grande questão é, ao vir para o Brasil você precisa ter em mente que está indo para um lugar onde as pessoas tem padrões de amizades que não necessariamente são iguais aos seus ou da região em que você foi criado. São padrões de amizade diferentes.

Algumas pessoas vêm para o Brasil e fazem muitas amizades e muito rapidamente. Algumas vão dizer que os brasileiros são maravilhosos e que são amigos fantásticos. Outras pessoas já vão dizer que se decepcionaram com os brasileiros, que esperavam uma recepção melhor e amizades mais verdadeiras.

 

Veja bem, muitas vezes essas percepções são apenas pessoais, foi uma pessoa que acabou dando a fama para todos os brasileiros. E muitas vezes as decepções são mais de ordem cultural do que de ordem pessoal. Ou seja, a pessoa esperava fazer amizades a partir da perspectiva dela de amizade, sem levar em conta que ela está em outro país e que aqui, dependo da região em que vocês está, as pessoas se relacionam de forma diferente da sua.

Se você vai ficar no máximo um ano no Brasil, talvez a sua adaptação e as amizades sejam mais tranquilas porque você sabe que já vai embora. Mas se você vem para ficar 3, 4 anos e quem sabe até 5 anos, possa ser que seus desafios de adaptação cultural sejam muito grandes.

Pra você que vai ficar muito tempo a sugestão é a seguinte, fazer amigos é fundamental para o seu tempo aqui e talvez essas amizades farão toda a diferença no seu tempo no Brasil. A primeira coisa que você tem que lembrar é que você é o estrangeiro. Você não pode esperar que seus amigos brasileiros se relacionem do seu jeito porque eles aprenderam a fazer amizades do jeito deles.

Naturalmente você vai achar que o seu jeito de fazer amizade e cultivá-las é o certo e o jeito do brasileiro é o errado. E provavelmente se um brasileiro for para o seu país ele vai achar justamente o contrário, que o jeito brasileiro é o certo é o do seu país é errado. Mas na verdade, a questão não é quem é certo ou errado, a questão é que somos diferentes e precisamos aprender a lidar com isso.

O quanto antes você entender isso, melhor será o seu tempo no Brasil é mais fácil será o seu relacionamento com os brasileiros.

Então, tenha um coração de aprendiz. Antes de achar que você já fez os melhores amigos em uma semana no Brasil, vá com calma. Dê tempo ao tempo, observe as pessoas, como elas se comportam uma com as outras, faça perguntas, seja curioso, converse bastante. Não crie expectativas altas.  Comece a considerar que existem diferentes níveis de amizade. Aqui no Brasil ser amigo não significa ser melhor amigo. Um melhor amigo leva tempo para ser cultivado.

Não se feche por causa das dificuldades. Muitos estrangeiros vêm para o Brasil e por conta da dificuldade da adaptação e da compreensão ou aceitação da cultura brasileira, se fecham nos grupos de seus próprios países. É claro que isso é uma necessidade, poder falar, rir, chorar e ser compreendido no seu próprio contexto cultural.

Entretanto, ficar só dentro do seu grupo pode roubar de você a oportunidade de crescer, de amadurecer ao lidar com os desafios de estar em outra cultura. Muitos estudantes estrangeiros têm desfrutado de amizades valiosas com brasileiros e isso os tem ajudado no desafio de estar longe de casa.

Por isso queremos te encorajar a buscar a amizade de brasileiros e estar aberto a aprender sobre como construir e cultivar essas amizades. Nosso desejo é que você conheça brasileiros que vão ser amigos, que vão te ajudar na sua adaptação, na compreensão do português, no entendimento das matérias e para todas questões que você precisar.